Até quando?


Sentados em um bom restaurante, durante uma agradável conversa, amigos colocavam os assuntos em dia. Foi então que comentaram: "Ana está grávida." Ele engasgou, ficou pálido e sem reação. Não conseguia raciocinar. Como podia? Eles conversaram no dia anterior e ela não havia lhe contado nada. Ana era sua única fuga de pensamento; de dias melhores. Um sentimento estranho tomou conta de todo o seu corpo: uma mistura de tristeza e decepção. Ele estava preso a uma situação, mas que sabia ser passageira e imaginava que com Ana não fosse muito diferente. Naquele momento acabara de perder a esperança de tê-la um dia em seus braços. Quantos anos mais deixarão se enganar? Será que continuariam sendo as mesmas duas almas perdidas, correndo sobre o mesmo velho chão ano após ano e esbarrando sempre nos mesmos medos e obstáculos? E agora? "- Garçom, mais uma dose, ou melhor, mais duas!" Sds...

2 comentários:

perplife disse...

Vou ser sincero, não entendi a história. A Ana estava com ele ou estava gravida de outro?

Anônimo disse...

Deve ser muito triste vc se apaixonar por outra pessoa, estando casado(a). Ainda mais num caso desses em q a pessoa agora está grávida. O sonho de ficar juntos, agora vira uma utopia, tipo algo anos luz da realidade.